Você está lendo...
Mamíferos, Marsupial

Cuíca

Cuíca-VerdadeiraNome Popular: Cuíca, Cuíca-Verdadeira e Cuíca-de-Quatro-Olhos
Nome Científico: Philander opossum
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Didelphimorphia
Família: Didelphidae
Gênero: Philander
Catalogação: Em 1758 pelo zoólogo sueco Carolus Linnaeus
Estado de Conservação: Pouco Preocupante
Voz:

Distribuição geografica da cuíca

Distribuição geográfica da cuíca

 

Características

A Cuíca é um mamífero marsupial, ou seja, cuja principal característica é a presença, na fêmea, de uma bolsa abdominal, conhecida como marsúpio, onde se processa grande parte do desenvolvimento dos filhotes.

Cuíca 2A Cuíca têm um corpo esguio e uma cabeça grande. Seu focinho é bastante longo e estreito na ponta. Suas pernas traseiras são mais longas e mais musculoso do que os membros anteriores. Suas orelhas grandes e seu rabo chega a ser maior que seu corpo. Suas pernas traseiras são mais longas e mais musculoso do que os membros inferiores.

Com a aparência de um grande rato, a Cuíca mede entre 20cm e 33cm quando adulta, sem contar sua longa cauda, que mede entre 19,5cm e 35,5cm. Os machos são maiores que as fêmeas. Pesam entre 200g e 674g. Em cativeiro podem chegar a 1,5Kg.

Seu corpo é todo coberto por pelos curtos, lisos e macios, com exceção da cauda, que possui pelos apenas na base e o restante possui pele acinzentada e nu. Sua coloração é cinza-escuro no dorso e amarelo-claro no ventre. Também possui duas manchas  mais claras em cima dos olhos – que lhe valeram o nome popular Cuíca-de-Quatro-Olhos – em contraste com a coloração branca das suas bochechas e queixo. Nas orelhas, os pelos são pretos ao longo das bordas.

Habitat

Cuíca no ninho

Cuíca no ninho

As cuícas geralmente preferem áreas úmidas perto de pântanos e córregos e geralmente residem em áreas que recebem mais de 1.000 mm de chuva por ano. Também podem ser encontradas em habitats altamente perturbados perto de estruturas humanas ou dentro de áreas agrícolas, como pomares e campos de cana de açúcar.

Esses animais geralmente preferem áreas de várzea e normalmente são encontrados abaixo de 1.000 m de altitude. São principalmente terrestres, no entanto, eles também são bons nadadores e ocasionalmente são encontrados em ilhas.

Hábitos

Cuíca

Geralmente, as cuícas possuem hábitos noturnos, sendo ativas tanto no solo como no topo das árvores

Esses animais geralmente constroem ninhos de folhas secas nos galhos mais baixos das árvores, de 8 a 10 m do solo, no entanto, ninhos também podem ser encontradas no chão, em buracos, em troncos caídos e em tocas abandonadas por outros animais. Os ninhos são de forma globular e tem um diâmetro de aproximadamente 30cm.

Cuíca agressiva

As cuícas podem ser agressivas quando se sentirem ameaçadas

O seu território pode chegar aos 300m² embora se desloquem regularmente só num diâmetro de 30m² em redor do ninho. São animais solitários, mas em seu habitat podem ser encontrados cerca de 150 indivíduos por Km².

Apesar de serem excelentes escaladores e nadadores, muito de sua atividade é terrestre. São animais rápidos, ágeis e conscientes. Quando escapam de uma captura, elas costumam usar uma rota de fuga terrestre ao invés de subir em árvores. 

Ao contrário de muitas outras espécies de marsupiais, estes animais não exalam um mal cheiro quando ameaçados, geralmente são agressivos quando ameaças são percebidas. Quando eles estão acuados, eles também fazem uma série de ameaças como abrir suas bocas e rosnar. São lutadores extremamente ferozes, defendendo-se violentamente, se necessário.

Alimentação

As cuícas são onívoros. Cerca de metade de sua dieta consiste de pequenos animais, como insetos, minhocas, pássaros, lagartos, sapos, ovos, crustáceos, moluscos e pequenos mamíferos, principalmente ratos espinhosos.

O resto da sua dieta inclui folhas, cascas, sementes, nozes, néctar e frutas como mamão, banana, limão-doce e ameixas.

Sua dieta varia sazonalmente; durante a estação chuvosa, consomem mais matéria vegetal porque é mais amplamente disponível; durante a estação seca, elas são muito mais insetívoras.

Reprodução

Cuíca com filhotes

Fêmea carregando filhotes nas costas

As fêmeas atingem a maturidade sexual em cerca de 6 a 7 meses, enquanto os machos atingem a maturidade sexual em torno de sete meses.

As Cuícas são polígamos e os machos competem pelas fêmeas reprodutivas, comunicando-se com uma série de ruídos, além de exalar odores por glândulas odoríferas abdominais.

A maioria das cuícas reproduzem sazonalmente, embora alguns possam produzir durante todo o ano, com níveis mais baixos de junho a agosto.

Durante a estação chuvosa, o alimento é abundante e mais jovens podem ser atendidos, enquanto que durante a estação seca, a alimentação é rara e menos filhotes nascem. Reprodução só cessa completamente quando as necessidades nutricionais da mãe não são cumpridas.

Esses animais produzem de 2 a 4 ninhadas por ano, com um intervalo de reprodução de 90 dias entre os nascimentos. No entanto, o sucesso é baixo, pois muitos filhotes não sobrevivem, especialmente durante os meses de seca.

Constroem ninhos nos ramos das árvores de 8 a 10 metros do solo ou no chão em árvores caídas ou ocas e ocasionalmente em tocas deixadas por outros animais. O ninho é redondo tendo 30 cm de diâmetro.

Filhote de cuíca

Filhote de cuíca

O período de gestação é de 13 a 14 dias e a ninhada pode variar de 1 a 7 filhotes, com uma média de 4 a 5 filhotes. Fêmeas maiores, com mais de 445 gramas, tendem a ter ninhadas maiores (cerca de 5 filhotes por ninhada), enquanto as fêmeas menores, têm menos filhotes por ninhada (uma média de 3,8).

Depois de ser desmamado, os jovens muitas vezes ficam no ninho por um período adicional de 8 a 15 dias, mas durante este período, as fêmeas podem se tornar agressivas com os jovens para que estes abandonem o ninhos e se tornem independentes.

As cuícas podem viver até 2,5 anos em estado selvagem. Em cativeiro, estes animais podem viver por até 3,5 anos.

Estado de Conservação

Atualmente, as cuícas são consideradas uma espécie de “menor preocupação”. Seu estado de conservação foi determinado devido ao grande tamanho da sua população, grande distribuição geográfica e tolerância a ambientes perturbados humanos.

Na natureza, seus principais predadores são a suaçubóia, a surucucu, a jaguatirica, o jaguarundi, a irara, o furão-grande, a raposa-cinzenta e a suindara.

A destruição de seu habitat é a maior ameaça humana às cuícas. No entanto, no México elas são caçadas para alimentação, assim como por serem pragas agrícolas em algumas regiões, pois ocasionalmente se alimentam de campos de milho e culturas de frutas, danificando campos de agricultores.

Subespécies

  • Philander opossum canus
  • Philander opossum fuscogriseus
  • Philander opossum melanuris
  • Philander opossum opossum

Vídeos

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “Cuíca

  1. Aqui em casa tem uma femea e um filhote.Como faço para capturar o filhote.pois queri.cria-los.

    Publicado por Manoel Divino | 18/10/2015, 01:23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Arquivos Diários

novembro 2013
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: